História do FileMaker

Forethought, Inc.

1985 – FileMaker® v1.0

Nashoba Systems

1988 – FileMaker® 4 – v4 | FileMaker® II – v1.0

Claris Corporation

1990 – FileMaker® Pro

1992 – FileMaker® Pro 2

1993 – FileMaker® 2.1

1994 – FileMaker® Server 2

1995 – FileMaker® Pro 3

1996 – FileMaker® Server 3

1997 – FileMaker® FileMaker® Pro 4

1998 – FileMaker® Pro 4 Developer Edition

FileMaker, Inc.

1999 – FileMaker® Pro 4 1v2 | FileMaker® Pro 5 | FileMaker® Server 5

2001 – FileMaker® Pro 5.5

2002 – FileMaker® Pro 6

2004 – FileMaker® Pro 7

2005 – FileMaker® Pro 8

2006 – FileMaker® Mobile 8 | FileMaker® Pro 8.5

2007 – FileMaker® Pro 9 | FileMaker® Server 9

2009 – FileMaker® Pro 10 | FileMaker Server 10

2010 – FileMaker® Pro Advanced 11 | FileMaker® Server 11 | FileMaker® Go 1.0 e 1.1

2011 – FileMaker® Go 1.2

2012 – FileMaker® Pro/Adavanced 12 | FileMaker® Server 12

2013 – FileMaker Pro/Advanced 13 |FileMaker Go 13 | FileMaker Server 13

2015 – FileMaker Pro/Advanced 14 | FileMaker Server 14 | FileMaker Go 14

2016 – FileMaker Pro/Advanced 15 | FileMaker Server 15 | FileMaker Go 15

Início anos 80

No início dos anos 80, quatro funcionários da Wang Labs decidiram criar o seu próprio sistema de Banco de Dados

Eles alugaram uma casa e formaram a Nashoba Systems

O primeiro sistema se chamava Nutshell Plus e foi publicado pela Leading Edge

O Macintosh foi lançado e uma versão compatível com o sistema foi feita. Com isso, o nome foi alterado para FileMaker® e o software foi publicado pela Forethought

Como os nomes dos softwares seguiam o nome dos produtos Macintosh, o primeiro software foi o FileMaker® Plus, batizado assim por conta do Mac Plus

A Claris Corporation passou a publicar oficialmente os produtos FileMaker®. O primeiro software publicado pela Claris foi o FileMaker® II, que recebeu este nome por causa da MacWriter II.

A partir de então, os nomes dos produtos FileMaker começaram a ter número de versão convencional.

 

1990

Foi lançado pela Claris Corporation a primeira versão do produto com o nome FileMaker Pro

1992

O FileMaker Pro 2 foi a primeira versão multiplataforma (com suporte a Mac  e Windows)

1993

FileMaker Pro 2.1

1995

O Primeiro servidor FileMaker foi lançado no mercado

O FileMaker Pro 3 Surgiu com novos recursos de scrips e relacionamentos, e a extensão dos arquivos era .fp3

1996

FileMaker Pro Server 3

1997

FileMaker Pro 4

1998

Com o FileMaker Pro 4 Developer Edition, os desenvolvedores independentes conseguem adicionar novos recursos ao FileMaker através de plugins

A Apple desfez a Claris Corporation e instaurou a FileMaker, Inc.

1999

Na quinta versão do FileMaker Pro, a extensão dos arquivos mudou para .fp5

2001

FileMaker Pro 5.5

FileMaker Server 5.5

2002

FileMaker Pro 6

2004

Arquivos com até 8 terabytres e campos container que suportam até 4GB de dados foram as novidades do FileMaker Pro 7, cuja extensão de arquivos mudou para .fp7

O modelo relacional do FileMaker Pro recebeu um editor gráfico semelhante ao Modelo Entidade-Relacionamento (MER), tornando o desenvolvimento mais visual

O FileMaker Pro 8 apresentou variáveis de script, dicas e a capacidade de copiar e colar tabelas e scripts inteiros para dentro e para outros arquivos

2006

O web viewer foi incluido na versão 8.5 do FileMaker Pro

2007

A tela de início, a formatação condicional e links SQL externos são recursos que foram acrescentados na versão 9 do FileMaker Pro

2009

Triggers nos scripts feitos pelos usuários e nova interface foram as novidades da versão 10 da plataforma

2010

A partir do FileMaker Pro 11 foi possível criar e editar gráficos

FileMaker Go 1.0

FileMaker Go 1.1

2011

FileMaker Go 1.2

2012

Templates, soluções prontas para uso e bancos de dados fáceis de usar, gráficos simplificados e suporte a 12 idiomas são as novidades do FileMaker Pro 12, cujos arquivos agora adquirem a extensão .fmp12